Ardor na Perdiz - Ai que é cá um ardor (Chavascal Encalacrante da Degradação 2109)

Se é na crica
Encavadela
Se é no cú
Enrabadela
Se entra mal
É foda feia
Se esporrar
É greta cheia
Se rasga o véu
É sorte dele
Se é à cadela
É sodomizar
Se é à noite
É à apalpadela
Se é de dia
É a espreitar

É veloz
O teu nabão
Na boca farta
Ou buraco fundo
E um pintelho
No colhão
Pinta este quadro
Imundo
É que é TODO
Num instante
Encalacrado
O flamejante
E antes que
Ganhe traça
Dá-me c'o malho
Na carcaça

Malha-me
Com a salsicha crua
No lençol
Ou até na rua
Ai que é cá um
Ardor
Que eu sinto
Na rata nua

Comentários

João disse…
LOOOOL Está demais, embora muito ordinário!!!! Acha bem? Ordinareco! Então vá! Pois!

Mas pode ser que dê sorte para sábado! :P
Chas. disse…
Ai ai....
Cada vez menos explícito! E menos badalhoco...
Captain Dildough disse…
Mas...
O qué isto?
Este texto tem demasiada validade literária!!11
R.B. NorTør disse…
Só falta o "Lalalalalala"!!!!
João disse…
Menos explícito? Menos badalhoco? Estaremos a ler o mesmo texto???? LOL

Mensagens populares deste blogue

Super Homo - parte o 1º

Super Homo - Apre!