Poesia corruptiva (ou um sonho apitado...)

Se na vida tens azar,
E tudo o que fazes dá para o torto,
Não adianta desesperar,
Junta-te à máfia do desporto

Para começares a lucrar
Só tens que arranjar bons amigos...
Aqui e além um bom jantar,
E saber te desviar dos perigos

Usando uma táctica astuta,
Grandes benefícios irás ter:
Basta conheceres uma boa fruta
E teres viagens para oferecer

Seja a oferenda bem dourada
Ou simples e curriqueiro bibelot...
Será que ninguem vê nada?
Será preciso chamar o Poirot?

Do norte ao sul a aldrabar,
Temos muitos amiguinhos.
Por isso poe-te a telefonar!
São só uns favorzinhos...

"O Bastos, o Fagundes e o Simão,
O Aurélio e o Joaquim podem apitar!
O Zé Tolas é que não
Que nos tá sempre a lixar!"

Por isso já sabes... oferece-te!
A esta poderosa organização
"Tenho um apito, diverte-te!"
"Lamento... Brigada, anti corrupção!"


Nota de autor: O texto satírico apresentado refere-se à corrupção existente no futebol Português em geral, de Norte a Sul do país em sabe-se lá quantos clubes...

Mais afirmo que esta é uma criação original não corrupta baseada num plagiante plágio de plágio, pelo que a sua originalidade plagiante não deve ser colocada em causa nem a sua validade literária. Mais afirmo que para colocar este texto não exerci qualquer pressão sobre ninguém...

Apesar de tudo... se alguém me poder dar uma ajuda com o telemóvel... é que ás vezes ouço uns barulhos como se alguém tivesse a ouvir as conversas... se alguém me ajudar eu posso talvez arranjar um cafezinho pingado ou uma viagem ao Seixal... em cacilheiro, 1ª classe! Upa, upa

Comentários

Captain Dildough disse…
E uma frutinha da época, não se arranja?
Chas. disse…
hummmm... e aquele molho de papel sem valor, dentro da pastinha de couro marroquino, que deixei na porta deles? Será preciso negociar com vinho tinto? Ou com uma boémia d'ouro?
Anónimo disse…
LOL

já cantava o outro: apita o comboio, apita o comboio, à beira do mar (estádio do?)!

Eu sou por uma medida radical: fazer os árabes, e quando se prova que há corrupção (roubo), cortar uma mãozinha! De certeza que a coisa mudava!
Captain Dildough disse…
Era ver muito maneta por aí...
Quando começassemos a cortar punhos, aí então...

Mensagens populares deste blogue

Acordar precoce e naturalmente...

Super Homo - Apre!

Super Homo - parte o 1º