#1

Vem-se assim de repente

O jantar da P.E.N.A.L.

Deixem lá que a gente

Prepara já o bacanal!

 

Paneleiriçe, pela certa!

Deboche até dizer chega!

Pouca cona aberta!

E broche, nem da Pega!

 

Já nem sei o que fazer,

A este depravados.

Só pensam em Bocage ler

Com gestos amaricados.

 

Vamos ver no Jantar

Como é que vai ser

Quantos vão permanecer

De rabinho pró ar!

 

Vou levar protecção

Feita d’aço inoxidável

Mas daquele inquebrável

Ninguém me come o cu…ração!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Acordar precoce e naturalmente...

Guerra de Nabãos