Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2005

Sissi VI - Interlúdi(c)o

(a pedido de várias famílias, as desventuras da nossa heroína Sissi e do seu infeliz pretendente Ganryubigu veem aqui a sua continuação.) (No episódio anterior -ver episódio anterior- o nosso herói Ganryubigu, depois de andar a vaguear um porradão de tempo no deserto das Ideias, decide recorrer à ancestral arte da Estimulação Digital da Próstata, de modo a atingir um orgasmo pandimensional que o permitisse escapar do limbo. A proeza resultou tão bem que Pingu... perdão, Ganryubigu se encontra, actualmente, em frente duma atónita Assembleia Geral da Onu, em preparos pouco recomendáveis pela etiqueta diplomática...) A multidão de dirigentes mundiais fitava-o com um misto de incredulidade e indignação. Ganryubigu fizera a travessia entre planos de existência de uma maneira muito pouco convencional. Pelo menos tão pouco convencional como meter os dedos no cu até criar uma fenda no tecido espácio-temporal com a força da ejaculação... Tal era o poder de Ganryubigu! E era este um feito pa

Comunicado Oficial da Recreatividade Integracionista das Personagens e Artistas Nescia, Alarme e Brutalmente Abandonadas ao Oblívio

A Recreatividade Integracionista das Personagens e Artistas Nescia, Alarme e Brutalmente Abandonadas ao Oblívio (R.I.P.A.N.A.B.A.O.) e os seus associados (os poucos que ainda pagam as quotas) vem por este meio levantar um Abaixo-assinado contra a sociedade em geral, e o mundo em particular, devido à sua tentativa infâme de os tentar fazer cair no esquecimento neste blog. Os nossos associados têm todo o direito, e repito, TOOOOOOOOODO o direito de continuar a protagonizar toda a javardice e ordinarice que em dias há muito idos tiveram opurtunidade de fazer. Com as mais cordiais saudações Guarda Régio (guarda fanático por colegiais e B.D.s, secretário geral da R.I.P.A.N.A.B.A.O. nas horas vagas) Assinaturas: Pimba Pau Sissi Pasteleiro Bébé Geriófilo Maria Inês Tesão, Duque das Florzinhas Maximiano Gaja galgada que caiu do tecto do laboratório

Gésica a curandeira - Final

O quarto decorado com imensas folhas e flores de plantas secas proporcionava um ambiente muito agradável e selvagem. A cama enorme onde cabiam perfeitamente quatro pessoas era dura. No entanto dentro daquele espaço o que mais atenção despertou aos jovens foi o chão, macio como borracha, muito confortável para dormir. Os jovens sentaram-se no chão e começaram a conversar. - Ó Jójo, que faço agora?! Ela é mesmo boa pá!! Qual é a técnica de penetração que Bertrand Russel utilizava?! – Perguntou Sergay bastante ansioso. - Bertrand Russel? Não estas a falar do mesmo homem que eu estou a pensar?! – Responde Jójo bastante confuso com a pergunta – Vamos é esperar que ela volte a entrar. – Concluiu ele. - Devia estar a confundir com Freud?! Já sei vou fazer um desenho... – Sergay saca de uma folha e um lápis que trazia no bolso de trás das calças e matou a ansiedade em marcas suaves. Em menos de um minuto uma BD completa estava concluída. - Deixa ver o que fizeste seu “BDniaco”. - Jójo em to

Comunicado Oficial do Sindicato das Personagens de Estórias Realmente Masturbatórias

O seguinte comunicado dos camaradas do Sindicato das Personagens de Estórias Realmente Masturbatórias (S.P.E.R.M.) tem como objectivo último pôr cobro à pouca vergonhice que tem sido regra neste bulógue! Não pode aparecer um post mais promissor e temos de ficar à espera que o autor, certamente atulhado em compromissos laborais inadiáveis, escreva a continuação quando bem lhe apetecer! Assim, não! Como personagens, fazemos do conto o nosso ganha-pão. Não podemos tar à espera que Vocelência dê ares de sua graça só quando se lembra de ir ao computador ver o mail e pensa "ah, ainda tenho um tempito... deixa-me cá escrever qualquer coisita!" Não somos fantoches do patronato, exigimos o direito ao trabalho regular! PS: A Gésica, pá! Onde é qu'anda a Gésica?! Tou cá com umas saudades... Ass: S&J