Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2005

Diário de Um Homem Porco - Bocejo

É de manhã. Descubro-o pelo raio de sol que me entra pelos estores mal
corridos e me bate na cara. Dou mais umas voltas na cama, debaixo do
edredão encardido, mas não tarda que me levante, os lençóis colados à minha
epiderme pegajosa de suor e sebo.
Sento-me na beira da cama, coçando a tomatada. Em seguida esboço o gesto
de levar o dedo ao nariz, mas o odor a colhão acorda-me do meu torpor
sonâmbulo. E ponho-me a pensar. "Foda-se, preciso mesmo de um banho." Dou
um estalo a mim mesmo por ter tais pensamentos e arrasto-me para a casa de
banho. Pelo caminho esbarro em garrafas de cerveja e pacotes de batata
frita vazios, as migalhas gordurosas colando-se às solas dos meus pés.
Mal ligo à carpete encrostada de manchas de uma noite de excessos com a
minha querida Lily, companheira das horas tristes. Ali jaz ela, a um
canto, meio esvaziada. A sua boca sempre aberta para um conforto que mais
nenhuma mulher pode - nem quer - dar.
Acendo a luz e sento-me na retrete. De ve…

O salteador dos tomates perdidos - Episódio I I I - A Maquete

Yagres ensaiou todo dia demonstrando o encaixe perfeito de sua voz na sonoridade banda, pelo que daquele ensaio saíria a primeira maquete com ele como vocalista.

Durante o intervalo os elementos masculinos ensinaram a Yagres o ritual que faziam ao mesmo tempo enquanto bebiam uns shots, a masturbação sincronizada. Ao inicio parecia um ritual abichanado, que o fez ter algum receio das consequência comportamentais dos seus colegas, mas no final todo o risco que correra tinha sido compensado...

Olhando em volta todos os seus companheiros estavam enrolados numa orgia gay a três e ele tinha Analy agarrada ao seu instrumento eréctil. Analy saboreava o gelado com agilidade sexual, proporcionando afrontamentos de prazer, algo inédito até então com mulheres.

- Analy, Analy não tires a boca daí! - Grito Yagres, num vocal gravíssimo, após ter chegado ao espasmo orgâsmico.

Analy, não satisfeita com técnica bico-percursionista decidiu despir-se e demonstrar a técnica lábial em contra-tempo. Que cons…

Pensamento do dia (para quem pensava que o PN andava desaparecido)

Se eu soubesse o que sei hoje da minha vida, e o quanto iria ter de aturar de cabras e cabrões...qual químico, qual farmacêutico... eu teria virado era pastor!!!!...

Alexia e Tutu - ePILAgo

Alguns dias tinham já passado sobre o acidente que reduzira a cinzas e escombros um gigantesco edifício na margem sul, quando finalmente se reuniram condições de segurança para uma equipa de especialistas analisar as ocorrências a fundo. Isto depois de um almoço bem regado, claro está, que o Inspector Routo e o técnico da brigada de fogos postos - nome de código Small John- não deixavam os seus créditos por mãos alheias. Ou melhor, alheiras, com ovo estrelado, arroz e batata frita (não da congelada, mas das outras), numa tasca do Monte.
- Isto é que foi encher o bandulho, Small – disse o barbudo inspector, dando suaves palmadinhas na sua barriga inchada
- Foi sim senhora, inspector – retorquiu o baixinho africano, palitando agilmente os seus dentes brancos – E aquele vinhozinho? Hummmm!
- Muito bom, melhor só se viesse numa caneca das Caldas! Bom, mas vamos ao que interessa. – concentrou-se o inspector – Este cenário é miserável. Não houve sobreviventes, certo?
- Não, nem um. – confirmou …

Carta em cadeia

Olá, chamo-me Jacinto.
Peço desculpa por chatear todos vocês mas tenho mesmo de pedir ajuda. Eu sou primo do Luis que está no hospital gravemente ferido de uma electrocussão anal e preciso de recolher o máximo de assinaturas para forçar os médicos a reconstruirem-lhe uma vagina para eu o poder comer sem me chamarem gay.

Esta é a unica maneira de forçar os médicos, com o poder do povo. Acreditem que se assinarem esta petição farão do Luis uma pessoa mais feliz.

Por favor passa esta mensagem a 500 dos teus amigos em 5 segundos e assim todos os maleficios do mundo serão erradicados com a varinha mágica do bicho papão que ficará tão agradecido que vos virá chupar o nabão. Claro que se passarem esta mensagem a todos os vossos amigos por email melhor será para mim uma ves que ficarei com todos os vossos email para vender a empresas de publicidade porno, com velhas de mamas descaidas a visitarem-vos para esconder o salame no meio de todas as suas rugas.

Por favor, ajudem o Luis e façam do mundo …

Os cabrões

Por aí eles andam contentes
E nem sequer pagam taxa.
Esses cabrões dementes
Sempre sedentos por pachacha.

Vocês sabem bem quem são
Esses malévolos cabrões.
Que em vez do coração
Preferem despejar OS COLHÕES!!!!!!!!! (loud and clear)

Procuram ser o mais discretos,
Mas seu nome circula na praça.
Não têm desejos secretos:
Querem só partir conaça.

Ordinário, meus amigos???
Porventura me direis.
Mas só vos aviso dos perigos
Olhai bem... e vereis!!