Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2008

II (dedos) Lanchar Orgiado d' o pasquim P.E.N.A.L- 30 Fevereiro

Imagem
O grande Lanchar Orgiado d' o pasquim P.E.N.A.L aproxima-se a bordas largas, é já dia 30 de Fevereiro! YUPIIIII!

Convidamos todos os masturbantes desta PORRA para comparecerem a partir das 0h com um vibrador, um chicote e usufruírem de todos os prazeres possíveis e imaginários.

Os filmes porno pode ser enviada para o seguinte email: geral(arromba)com-putas.cu até dia 31 de Outubro. Serão posteriormente reproduzidas durante o deboche.

Para confirmarem a vossa intenção de ingresso metam dois dedos no cu e sigam o endereço httputa://///////debochadapenal.apre

Haverá à disposição: berlaitadas, mamar (com leitinho à descrição), sobre a mesa e ripazé.
O ingresso terá o valor simbólico de uma enrabadela por pessoa.
Local: Alexandre Broxini - Intendente (Vocês já sabem o caminho...)
A duração máxima da pouca vergonha será o tempo de esgotar o halibut (fecho da farmácia: 6h).

Para os estreantes, estou certo que irão aguentar (e não chorar).
Venham e aproveitem até mais não!

PS: Se este plágio estive…

Esticando pela noite FóR(i)a (para rimar com memória)

Sinto o húmido aviso...
Espesso e leitoso. Sinto-o quente, explosivo... Suave e cremoso!
Áspero, bem rugoso... Badalhoco e grandito. Enrubesce no desgosto... De se entusiasmar sem pito.
Playboy na lembrança... Uma revista fenomenal! Numa gaita sem esperança, A punheta é imortal!

Nalgatorius, o Erectus (VII)

Cenas do episódio anterior:
"
- Nalgatorius... creio que já seja tarde. É melhor ires até casa! - ordenou ela.
- ... Ahaohahh?! - Exclamou ele, um pouco confuso e ainda em transe - porque parou aqui?! estava a ser tão bom...
- Já nos excedemos o suficiente... isto nem devia ter acontecido! Não resisti... Creio que já tenha recompensado pelos danos originados na sala de aula. - Explicou ela.
- Mas...?! Ok... A professora tem razão... confesso que só não estava à espera.
Abotoou a camisa sem olhar para Pacheca e caminhou até à porta de saída.
- Nalgatorius.... - Chamou ela levemente.
Ele virou-se, sem nunca lhe olhar nos olhos e retorquiu:
- Sim?!
- Não me vou esquecer deste bom momento.... e por favor volte a olhar-me nos olhos!
Erectus não lhe respondeu (nem olhou). Abriu a porta e fechou-a logo de seguida."

Pacheca, caiu no chão logo após a porta ter batido e chorou... descontrolada, arrependida e confusa.

Nalgatorius, caminhou firmemente, deixando para trás a sua bicicleta encostada a…