Sonhos de uma noite de nabão (Acto 1)

(Almada, durante a parada gay anual, com tantos jovens vestidos e pintados enquanto cantam canções de embalar a velhotas à janela, em troca de mais uma bebida de cevada.)


Acto 1, Cena 1

Nesta altura tão nobre, entra Tesão, Duque das Florzinhas, que planeia sua união carnal com Hipócrita, que quer permanecer virgem até Tesão lhe remover a cereja. Entra Engelhado em cena, seguido da sua filha Her(tão bom que até)mias, o seu querido amante LigasTeMando, e o homem com o qual Engelhado quer que a sua filha case, DeMeteEAtéRiu.

Engelhado - Por favor Tesão, dá-me o direito de fazer com que minha filha case com DeMeteEAtéRiu, poque ele já me prometeu que a partilha comigo, ou então deixa que eu a mate.

Tesão - Assim seja, caro amigo de cama. Her(tão bom que até)mias, tens duas opções, ou te juntas às freiras para elas te irem ao pacote, ou então casas com DeMeteEAtéRiu.

Her(tão bom que até)mias (falando para si) - Que irei fazer? Eu amo LigasTeMando, mas meu pai não me deixa fornicar mais com ele, e também não tenho apetências lésbicas. Que irei fazer?


Saem todos os outros homens, deixando os dois amantes para trás.


LigasTeMando - Oh, minha amada, tão triste eu tou. Mas também te prometo que se vieres comigo para os bosques na próxima noite te dou uma trancada tão grande que só irás chorar de dor. Ah, já agora também podemos casar.


Chega Helena


Helena - Meu pobre LigasTeMando, que hei-de fazer?? Meu amado DeMeteEAtéRiu só tem olhos para Her (tão bom que até) mias, e eu que tenho um par tão bom de marmelos fico tão sozinha.

LigasTeMando - Não te preocupes, eu vou fugir com Her(tão bom que até)mias e por isso não te preocupes mais. Claro que se eu depois ainda tiver verga também te posso dar uma.


Sai LigasTeMando


Helena - Eu tenho de revelar a verdade a DeMeteEAtéRiu, pode ser que ele assim não me deixa sozinha, talvez até possamos fazer um menage a trois.


Acto 1, cena 2

Os artistas reunem-se para distribuir os papeis para a peça a celebrar o noivado que se aproxima. Claro que todos eles sabem que é um disfarce e isto é apenas mais uma orgia homossexual, mas eles até se fingem interessados na peça enquanto aguardam algum tempo entre quecas para se restabelecerem. Finalmente concordam em se encontrarem no bosque para mais uma queca na noite seguinte, deixando apenas assente que é bom que tenham limpo os cantos da boca.


(Continua...)

Comentários

Steïn disse…
A minha primeira contribuição para a Penal, espero que de jeito. Estejam descansados que só continuarei com isto se as criticas forem positivas
Chas. disse…
Bem gostei do texto só tinha um senão,o nome das personagens é muito extenso, embora engraçadas dificultam a leitura do texto.
Chupa(XutA) lá com a continução...
alphatocopherol disse…
absolutamente divinal!!!
Captain Dildough disse…
OOOhh si! (orgasmo homérico)
Um texto divertido, com a ocasional pisc(esguich)adela de olho aos clássicos...
Continua!
stardust disse…
Brutalmente genial! Continua...

Mensagens populares deste blogue

Super Homo - parte o 1º

Super Homo - Apre!

Acordar precoce e naturalmente...